Borghi Acqua & Fitness

Publicado em: 01/08/2017

Dor no ombro? Confira dicas simples de treino e postura para prevenir o problema

É uma articulação instável e propensa a algumas lesões quando são feitos movimentos extremos, principalmente aqueles em que o braço vai acima da cabeça ou até mesmo na remada.

Dor no ombro? Confira dicas simples de treino e postura para prevenir o problema

O ombro é a articulação mais móvel do corpo, capaz de alcançar grandes amplitudes de movimento em praticamente todas as direções. Em contrapartida, isso o torna uma articulação instável e propensa a algumas lesões quando são feitos movimentos extremos, principalmente aqueles em que o braço vai acima da cabeça, como na natação, no vôlei ou até mesmo na remada de esportes como o surfe e o bodyboarding. Algumas dicas simples de treinamento e postura podem ajudar a prevenir e manejar situações de dor. Confira:

- Fortalecimento de manguito rotador, que é um conjunto de músculos com uma função de estabilização importante no ombro. É possível treinar esses músculos girando o braço para fora com a ajuda de um elástico.

- Fortalecimento de romboides e trapézio, músculos situados nas costas que também participam da estabilização do ombro através de sua ação sobre a escápula, osso parte do complexo do ombro.

Os exercícios de remada na academia trabalham esses músculos:
Fortalecimento do tronco (core), pois ele é o ponto de apoio para todos os movimentos do ombro. Um bom exercício para o core é a prancha.

Manter uma boa postura durante todos os exercícios citados, focando em posicionar o tronco de forma bem ereta, como se houvesse a intenção de “crescer o corpo”. Quem tem dor no ombro normalmente tem uma postura mais curvada e tende a mantê-la assim durante os exercícios, o que reduz sua eficiência.

Procurar manter essa postura mais ereta durante a prática do esporte. No início pode ser difícil, mas com um período de treinamento isso vai se tornando automático.

Cuidado ao dirigir e no trabalho, pois muitas vezes a dor que se manifesta na prática esportiva vem na verdade de uma má postura em atividades diárias. É importante se posicionar de modo que os ombros não fiquem elevados ou caídos para frente (protraídos).

Reduza o volume de treinamento durante o tratamento e procure auxílio para ajustar a sua biomecânica no esporte. Movimentos inadequados sobrecarregam a articulação e aumentam as chances de lesões.

  • Fonte: Eu Atleta
  • Por: Raquel Castanharo
  • 0 Comentário
Ainda não temos nada digitado..

Foram encontrados 0 registros