Borghi Acqua & Fitness

Publicado em: 21/03/2017

Sono e descanso têm papel decisivo nos efeitos das atividades físicas

Durante "período de recuperação", após um dia de treino, benefícios adaptativos se processam, corpo produz mais GH e reações anabólicas são otimizadas. Entenda.

Sono e descanso têm papel decisivo nos efeitos das atividades físicas

O sono tem importância vital em relação à saúde. Nas últimas décadas, o estudo do organismo durante o sono tem sido uma área de grande interesse por parte da fisiologia. Atualmente já é do conhecimento científico a existência de várias doenças que têm sua origem em distúrbios da qualidade do sono. Para quem pratica atividades físicas, a importância de uma boa noite de sono como complemento de um programa de treinamento é absolutamente fundamental. Três pilares são fundamentais para a qualidade de vida: rotina de exercícios físicos, boa alimentação e... sono! Noites mal dormidas, além de comprometerem seu ânimo e energia para o dia seguinte, minam seu projeto de saúde. Quer ver e sentir resultados? Uma dica é tão importante quanto a dedicação aos treinos: durma e descanse bem!

Quando nosso corpo é submetido aos estímulos que as atividades físicas impõem, é durante o período de recuperação e, particularmente durante o sono, que os benefícios adaptativos se processam. Em outras palavras, não nos adaptamos aos efeitos do treinamento enquanto treinamos, mas sim quando descansamos.

Os praticantes de musculação, que visam aumento de massa muscular, se beneficiam de um aumento da produção do GH (hormônio do crescimento), que ocorre durante o sono que se segue à um dia de treino intenso. Este hormônio tem um efeito anabólico, sendo fundamental para aumentar a síntese de proteínas e consequentemente a massa muscular.

Os benefícios do sono são proporcionados pelo fato de, durante esta fase do dia, as reações catabólicas (degradação) serem minimizadas e as reações anabólicas (síntese) serem maximizadas. Um dos sinais mais marcantes do excesso de treino é exatamente o prejuízo da qualidade do sono e mesmo a incidência de insônia, o que exemplifica a situação do organismo estar sob prejuízo funcional ao invés dos benefícios desejados.
O sono é fundamental e sem dúvida um importante indicador de qualidade de vida!

  • Fonte: Eu Atleta
  • Por: Turibio Barros
  • 0 Comentário
Ainda não temos nada digitado..

Foram encontrados 0 registros