Borghi Acqua & Fitness

Publicado em: 05/05/2013

Jovens obesos têm risco duas vezes maior de morrer antes dos 55 anos

Levantamento dinamarquês aponta um risco duas vezes maior de problemas de hipertensão, infarto do miocárdio e morte prematura em jovens obesos

Jovens obesos têm risco duas vezes maior de morrer antes dos 55 anos

Jovens obesos têm um risco duas vezes maior de morrer antes de completar 55 anos, em comparação aos que têm um peso normal. O alerta vem de um estudo publicado no periódico inglês British Medical Journal Open. De acordo com a pesquisa, a obesidade está diretamente relacionada a eventos cardio-metabólicos antes dos 55 anos, incluindo trombose venosa (formação de coágulos no interior de veias). Os homens jovens e obesos têm ainda riscos quase 30% mais elevados de desenvolver diabetes tipo 2 e de morrer por problemas cardiovasculares.

Jovens adultos obesos têm mais riscos de doenças como diabetes tipo 2, trombose venosa e hipertensão antes dos 55 anos de idade.


Para o levantamento, foram analisadas informações de 6.502 homens dinamarqueses com 22 anos de idade em 1977. A maioria deles (83%) estava com o peso considerado normal (índice de massa corporal, IMC, entre 18,5 e 25), e 5% estavam abaixo do peso. Um em cada 10 (639 homens) estava acima do peso e 1,5% (97) estava obeso (IMC acima de 30).
O acompanhamento continuou por 33 anos, até a morte dos voluntários, a ocorrência de emigração ou quando completassem 55 anos de idade — o que viesse primeiro. Antes de completar 55 anos de idade, 48% dos homens que tinham sido diagnosticados como obesos aos 22 anos de idade tinham desenvolvido algum tipo de patologia, como diabetes tipo 2, hipertensão, infarto do miocárdio, derrame, trombose venosa ou haviam morrido.


Em comparação com os homens de peso normal, os jovens obesos tinham 28% mais riscos de algum problema de saúde. A obesidade se mostrou ainda associada a um risco oito vezes maior de diabetes tipo 2, quatro vezes maior para tromboembolismo e duas vezes maior para a hipertensão, infarto do miocárdio e morte.
Cada ponto a mais do IMC correspondia a um risco 5% maior de infarto, 10% maior de hipertensão ou presença de coágulos nas veias e 20% maior de diabetes tipo 2.

  • Fonte: Global Fitness
  • Por: Global Fitness
  • 0 Comentário
Ainda não temos nada digitado..

Foram encontrados 0 registros